Antonio Carlos Guarini Perpétuo - Diretor Presidente da Franquia Supera

Por: Email Author

Como iniciar uma franquia

Antonio Carlos Guarini PerpétuoDiretor Presidente da Franquia Supera

Qual era a sua profissão antes de iniciar a franquia?

Eu sou formado em engenharia aeronáutica pelo ITA – Instituto Tecnológico Aeronáutico. Trabalhei durante 1 ano como funcionário na indústria e depois montei uma fábrica de foguetes para o combate às chuvas de granizo. Com a queda do muro de Berlim a Rússia passou a exportar para o Brasil os seus foguetes e todo o aparato tecnológico envolvido, como bases de lançamento e radares, o que inviabilizou a produção nacional e levou ao fechamento da fábrica. Foi então que iniciei a fabricação de calçados que evoluiu para uma rede de lojas de varejo, no setor de bolsas e malas, com atuação no vale do Paraíba.

Após 15 anos de sucesso como varejo, deixei a atividade sob a responsabilidade da minha esposa e passei a me dedicar ao Supera.

Como utilizou a sua experiencia em aeronautica e acrobacias aereas para criar a empresa?

A lógica e o planejamento vieram da engenharia, já o foco e a visão lateral da acrobacia.

Quando e como começou a Franquia Supera?

Tudo começou com uma dificuldade doméstica: meu filho Vinícius, então com 9  anos, apresentava muita dificuldade em se concentrar para os estudos. Após tentar todo o receituário padrão como terapia, ambiente isolado, disciplina mais rígida e outros, a frustração tomou conta.

Foi buscando uma solução alternativa que conheci o soroban (como o ábaco é chamado no Japão). Encantei-me com essa ferramenta pedagógica e, após comprovar seus surpreendentes resultados através de uma ampla pesquisa, vislumbrei não só uma solução para o meu filho, mas uma excelente oportunidade de negócio.

Imediatamente fiz uma pesquisa de mercado, elaborei o plano de negócios – que já contemplava a expansão por meio de franquias, como estratégia para crescer rápido e consolidar a liderança no novo mercado que surgia, a ginástica para o cérebro – e iniciei o cronograma de desenvolvimento e implantação em 2003, inaugurando a primeira unidade em janeiro de 2006.

O primeiro passo foi recrutar uma equipe de pedagogos e professores para que, sob a minha orientação, desenvolvêssemos algo realmente inovador e eficaz, tendo por base a prática do ábaco.

Nesse processo de desenvolvimento introduzimos a prática dos jogos, dos exercícios lógicos e das dinâmicas em grupo, tornando o Método Supera único por reunir ferramentas pedagógicas consagradas, sinérgicas e complementares.

O foco inicial eram as crianças, mas acabamos por desenvolver uma metodologia universal que proporciona resultados reais em todas as faixas etárias, incluindo a terceira idade.

A nossa ginástica cerebral melhora o desempenho escolar, pessoal e profissional. Nos idosos garante a saúde mental e qualidade de vida. Nas empresas eleva a produtividade e reduz os acidentes de trabalho. Melhora também a performance dos atletas de alto rendimento. Enfim, tem uma gama enorme de aplicações.

Pessoalmente gosto muito do nome da sua empresa como optaram pelo nome Supera?

A agência contratada apresentou uma lista com 10 opções, fizemos uma pesquisa de mercado e o SUPERA ganhou disparado. Tem uma ligação muito forte e direta com performance e superação, nossa proposta de desenvolvimento pessoal.

Durante estes anos todos quais foram as maiores dificuldades que a sua empresa encontrou e como foram superados?

Não encontramos dificuldade alguma em conquistar credibilidade junto aos formadores de opinião e clientes, e também sempre foi fácil vender o nosso produto e a nossa franquia.

A dificuldade encontrada foi construir e consolidar o negócio com pouco capital financeiro e humano. Montar uma equipe de colaboradores altamente capacitada e motivada foi o maior desafio.

Qual e a importancia da tecnologia no caso da Supera?

A metodologia em si pouco utiliza de tecnologia, mas no negócio ela sempre foi fundamental. Hoje contamos com um sistema de capacitação e treinamento dos franqueados pela web que poucas redes possuem.

Para a expansão de novos franqueados a tecnologia também é fundamental, desde a prospecção dos candidatos até os processos de apresentação da empresa e etapas iniciais de seleção.

Qual a importancia do ser humano neste mundo tecnologico?

Uma característica bastante forte deste mundo tecnológico é o excesso de informação. Diariamente temos contato com milhares de informações e cabe ao nosso cérebro filtrar o que nos é útil ou não.

Essa agilidade pode causar desconforto e até problemas mais sérios para todos nós. O ser humano precisa evoluir progressivamente em paralelo as novas tecnologias, daí a importância em desenvolver a capacidade de processamento do nosso hardware, o cérebro, para fazer aos desafios do mundo tecnológico.

Qual a missão da empresa?

Ajudar pessoas.

Quantos franqueados vocês tem hoje?

Temos 56 unidades em operação e 30 para inaugurar nos próximos meses, incluindo uma em Lisboa, Portugal. 

O que voce acredita serem os atributos mais importantes de um franqueado da sua marca?

A paixão pela metodologia e por ajudar as pessoas, transformar vidas.

No campo dos negócios nós trabalhamos muito com nossos franqueados os fatores que julgamos essenciais para o sucesso, a Cultura Supera: administrar os centavos, focar na solução, sair da zona de conforto, dominar o medo, vencer pela persistência, cumprir as regras, trabalhar em equipe, pensar positivamente, ser ético e alegre.

Com a nossa cultura e muito treinamento procuramos reduzir ao máximo o tempo para que o novo franqueado se transforme em um empresário completo, sendo este o maior desafio de toda rede de franquia.

Qual a sua dica para um novo empreendedor que deseja comprar uma franquia?

Primeiro que tenha uma visão clara do que é empreender. Já entrevistei muitos candidatos que pensavam em trabalhar pouco e ganhar muito, daí a opção por empreender por meio de uma franquia. Não existe recompensa sem muito trabalho e esforço, principalmente nos negócios.

Outro ponto é se identificar com o produto, com o ramo de atividade. Onde há paixão, há sucesso.

E, por último, analisar o mercado e solidez da rede.


Leia mais sobre Supera – Ginástica para o Cérebro e solicite mais informações.