Notícias das franquias


12/08/2015

Água Rocha Branca lança modelos de franquia

Microfranquia Bike, Truck e loja física

Franquia: Rocha Branca entra para o franchising
com três formatos de negócio 
Rocha Branca
No mercado há cinco anos, a Rocha Branca acaba de entrar para o franchising com três modelos de franquia. A microfranquia ecobike, a truck -– com entregas feitas por um caminhão -– e a tradicional, com loja física. A marca tem duas lojas abertas e explora hoje 10% da capacidade de um de seus três poços, localizados em Embu das Artes. 
Uma vez que a Rocha Branca controla todo o processo de envasamento da água, cabe aos franqueados fazer sua retirada na fonte e a venda para os clientes. Entre os três formatos, a microfranquia ecobike é a mais econômica: requer investimento inicial de R$ 62 mil. Segundo Roberta Schermann, gerente geral da empresa, esse modelo é recomendado para municípios de menor porte e lojas de bairro. Pode começar a funcionar com apenas um entregador e um ponto comercial de pelo menos 40 m², além de uma bicicleta. A previsão de faturamento é de R$ 32 mil por mês.
 
A franquia truck dispensa a necessidade de loja física e pode alcançar clientes mais distantes. O caminhão atende São Paulo e cidades a até 35 km de distância da fonte em Embu das Artes. Outro diferencial do modelo é que o franqueado pode trabalhar atendendo à demanda da central telefônica da Rocha Branca, que já tem uma carteira estabelecida, o que não impede o parceiro de atrair novos clientes por conta própria. Para começar a operar, o franqueado investe R$ 100 mil com expectativa de faturar R$ 20 mil mensais. 

O modelo da loja física tem a flexibilidade de comercializar não só galões de 10 e 20 litros, mas também engradados de garrafas pequenas. Contar com diferentes modalidades de entrega é outra vantagem. “No começo, o franqueado pode trabalhar só com uma bicicleta e um caminhão e depois passar a entregar com motos. Assim, ele cresce conforme o retorno do investimento”, afirma Roberta. O valor inicial para abrir o negócio é de R$ 150 mil, com previsão de faturamento de R$ 50 mil por mês. 
Até o final do ano a marca pretende ter 40 franquias, independentemente do modelo de negócio. O valor do investimento inicial nos três formatos compreende custos com instalação das lojas físicas; móveis e equipamentos; veículos e serviço de adesivagem; gastos com pré-operação e inauguração; capital de giro e taxa de franquia.


Categoria: Negócios, Serviços e Conveniências

Outros artigos de notícias do mesmo mês